Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Saltar de emprego em emprego– mudar de empregos com regularidade para promover os interesses pessoais da sua carreira
– tornou-se uma das tendências mais significativas da nova economia. No entanto, muitas pessoas ainda questionam até que ponto isso é aceitável.
Apesar de o ajudar a desenvolver a sua carreira, arrisca-se a adquirir a reputação de não ser confiável ou de ser mercenário. Em França, uma pesquisa sobre atitudes empresariais em 2000 conduzida por um instituto de emprego (Association Pour l’Emploi des Cadres) concluiu que dos 3,000 directores entrevistados, 33 por cento planeavam deixar as empresas em que trabalhavam dentro de um ano.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Máximas do sucesso"O trovão é magnífico. O trovão é impressionante. Mas o relâmpago é que dá luz." Mark Twain

"Não basta dizer ‘estamos a fazer o melhor que podemos’. Temos de conseguir fazendo o que for necessário." Winston Churchill

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Ponha a Net a trabalhar para siNinguém disse que arranjar emprego é uma tarefa fácil. Com os actuais progressos tecnológicos, contudo, tornou-se possível procurá-lo sem ter de virar o dia a dia do avesso. Até há pouco tempo, escolhia-se a melhor roupa e, de currículo em punho e sorriso permanente nos lábios, partia-se à busca. O mais frequente era voltar para casa, ao fim do dia, sem conseguir mais que uma boa dor de cabeça e uns pés bem doridos. Embora a Internet não substitua completamente o calcorrear tradicional da luta pelo emprego, permite, no entanto, algumas incursões. E tudo o que temos de fazer é pegar numa caneta e numa chávena de café, enquanto iniciamos a nossa busca confortavelmente sentados à secretária.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
O perigo de trabalhar muitas horasPoucos escolhem um longo dia de trabalho, mas algumas pessoas não o conseguem evitar.
Em resultado, a saúde dessas pessoas acaba por sofrer as consequências.

Poucas pessoas podem, ou querem, trabalhar habitualmente 15 horas por dia.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Lidar com a rejeiçãoProvavelmente a pior parte na procura de emprego é receber uma carta de rejeição poucos dias depois de uma entrevista que você até pensou que correu bem.
No entanto, lidar com essa rejeição de uma forma positiva pode ajudá-lo a aumentar as suas possibilidades de sucesso no futuro.

Simplesmente tente descobrir o que é que correu mal e evite os mesmos erros da próxima vez.