Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Há oportunidades de emprego na Mercadona. A cadeia de supermercados vai abrir Marcadonna recruta 350 colaboradores para as novas lojasquatro lojas em Portugal e quer dar emprego a 350 pessoas, incluindo 150 cargos de direção.

A empresa espanhola revelou que pretende abrir quatro supermercados em Portugal, todos no norte do país, até 2019.

O anúncio do projeto internacional da Mercadona, com a entrada em Portugal, em conjunto com o lançamento do Novo Modelo de Loja Eficiente foram dois dos marcos fundamentais da empresa em 2016, destaca a empresa, no site oficial.

O processo implica o recrutamento de 200 trabalhadores, sendo ainda abertas 150 vagas para cargos de direção intermédia.

A Mercadona disponibilizou um formulário para que os interessados se possam candidatar.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O grupo abre também oportunidades para estágios para as unidades Pestana Hotels & Resorts e Recrutamento no ramo de hotelaria pelo Grupo PestanaPousadas de Portugal na região do Algarve, Alentejo, Lisboa, Centro, Norte e Madeira.

O grupo Pestana Hotel está a preparar uma ação de recrutamento para todos os profissionais de hotelaria à procura de emprego. As vagas em aberto são para cozinha, housekeeping, restaurante, bar e pastelaria, mas em comunicado o grupo diz que haverá outras, que não são reveladas.

No total são mais de 300 vagas de emprego mas o grupo admite que também terá muitas oportunidades de estágios. As vagas em aberto serão para as unidades Pestana Hotels & Resorts e Pousadas de Portugal no Algarve, Alentejo, em Lisboa, mas também no Centro, Norte e até na Madeira.

As datas para a seleção dos candidatos são entre 1 e 16 de março, mas dependem das áreas do país.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Continuam os recrutamentos de trabalhadores no início de 2017. A recuperação daMultipessoal recruta 180 vendedores economia e a maior vontade de investir têm permitido o lançamento de múltiplos processos de recrutamento em todo o país.

Depois de empresas como o Lidl, a Kiabi e a Vodafone, mais uma empresa está à procura de colaboradores em Portugal. Desta vez, é o Grupo Multipessoal que procura 180 comerciais em todo o país, num processo que deverá estar concluído até março.

"Os profissionais em questão vão ser seleccionados até ao fim do primeiro trimestre de 2017 e devem ter talento para a actividade comercial, serem orientados para o cliente e terem capacidade de criar e identificar oportunidades", revela o Grupo Multipessoal em comunicado enviado para a redação do Economia ao Minuto.

"Procuramos vendedores que sejam comunicadores fluentes e influentes, com capacidade de gerar impacto positivo, resilientes e autónomos e com forte conhecimento da realidade da sua comunidade local. Oferecemos integração em projecto aliciante e inovador com pack salarial muito atractivo", revela João Silva, diretor das áreas de outsourcing e trabalho temporário do Grupo Multipessoal.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Os italianos são um povo de emigrantes, cujas migrações raramente tiveram Portugal como destino. Artigo de opinião sobre os call centers multilingueNão falo de Cristóvão Colombo, nem dos sicilianos que durante séculos se dedicaram à pesca do atum no Algarve. Nas últimas décadas, para quem pertence à chamada geração Erasmus (programa que neste ano completa 30 primaveras), era mais provável vir para Portugal à procura de matérias (e bolsas) de estudo. Eram jovens arquitetos encantados com a Escola do Porto ou estudantes de Letras à procura de poetas inéditos. Já Antonio Tabucchi costumava contar o seu coup de foudre: em França, num bouquiniste qualquer, descobrira um livrinho chamado Bureau de Tabac, tradução de Tabacaria, e não teve outro remédio senão aprender a língua original desse tal Álvaro de Campos.

De há uns anos a esta parte, porém, parece que Portugal se tornou também destino da emigração mais banalmente impulsionada pela eterna procura de trabalho. A atrair jovens, e não só, são os call centers, um setor que cresceu com a crise. As entrevistas são feitas por Skype. Passados os vários níveis de seleção, pede-se ao candidato para fazer as malas e comprar um bilhete só de ida.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A Vodafone está, a partir de hoje, a aceitar candidaturas para uma nova edição do Vodafone abre recrutamento para jovens talentos'Discover Vodafone Graduates', um programa que "seleciona e integra jovens de elevado potencial" nos quadros da empresa.

O recrutamento não tem restrição quanto às áreas profissionais; contudo, Engenharia, Marketing, Gestão e Economia são algumas das que têm merecido maior destaque em anos anteriores.

Desde que foi criado, em 2009, o Programa 'Discover Vodafone Graduates' já integrou na Vodafone Portugal mais de 125 colaboradores.

"Todos os anos, a empresa procura jovens estudantes com mestrado (ou que estejam prestes a terminá-lo) motivados, dinâmicos e com ambição, que possam participar ativamente no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores", pode ler-se na nota enviada à redação do Economia ao Minuto.