Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O portal das finanças disponibiliza para além da entrega do IRS online, a possibilidade de instalar um programa no computador para preenchimento do IRS.nerd

Vantagens:

  • Possibilidade de fazê-lo de forma "faseada" e salvar o trabalho num ficheiro para posterior edição;
  • Mais fiável e robusto do que a versão online;

Mas, quem quer instalar no linux não dispõe de ajuda apropriada no site das finanças.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Todos os anos aquando da declaração anual de rendimentos, os contribuintes podem direccionar 0,5% do IRS liquidado, sem qualquer custo. Se não o fizer caberá Fada madrinha dos negóciosao estado fazer essa "divisão".

Basta que no preenchimento do anexo H, quadro 9, se seleccione:

  • Entidade beneficiária:
    • Instituições religiosas;
    • Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) ou Pessoas Coletivas de Utilidade Pública;
  • Opção de IRS;

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A AT fez um comunicado alertando que actualmente a entrega eletrónica de declarações de IRS não será possível para quem utiliza as versões mais recentes Declaração de IRS online restrita a alguns navegadoresdos navegadores de internet Google Chrome e Microsoft Edge.

Esta incapacidade prende-se com o facto do site das finanças estar optimizado para a tecnologia NPAPI e ainda não ter acompanhado a evolução recente dos mais avançados navegadores. Assim, como alternativa poderá utilizar o Mozilla Firefox ou o Internet Explorer. Outra possibilidade, é utilizar a entrega em modo offline, bastando para o efeito descarregar a aplicação das finanças disponível em https://irs.portaldasfinancas.gov.pt/menuDownIRS.action.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Existem 5653 pessoas sob o regime de residente não-habitual, que lhes permite ficar isentos de IRS ou pagar apenas 20% de impostoEstrangeiros vêm para Portugal à procura de benefícios fiscais

No nosso país, vivem estrangeiros com o regime de residente não-habitual. Este regime fiscal permite-lhes ficarem isentos de IRS (caso sejam reformados) ou pagarem apenas 20% de imposto. Em Portugal, só há um escalão que paga menos do que 20%: os dos rendimentos anuais até aos €7035.

Segundo o Diário de Notícias, a administração fiscal encontra-se a analisar mais 1754 pedidos. Em 2015, houve um total de 3474, o que denota um grande aumento quanto aos anos anteriores. O jornal recorda que entre 2009 e 2012, só se registava uma média de 100 pedidos por ano.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

De 16 a 31 de março, decorre o período para reclamar caso discorde dos valores que algumas empresas registaram no e-fatura.Carrying Books

Mas não se sabe se a resposta das Finanças será dada antes de 1 de abril (data de arranque da entrega do IRS). Como será notificado da decisão? Deve esperar pela resposta para apresentar o IRS? Dadas as incertezas, aconselhamos os contribuintes a corrigirem os valores manualmente no anexo H, se tiverem os comprovativos em papel.

Fases de entrega do IRS

  • 1 a 30 de abril: trabalhadores com rendimentos exclusivamente de trabalho por conta de outrem ou pensões;
  • 1 a 31 de maio: contribuintes com rendimentos de outras categorias, como os trabalhadores independentes, com rendimentos de rendas e outros (mesmo que acumulem com trabalho dependente e pensões).