Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

presses-08SÍNTESE GLOBAL
As administrações públicas portuguesas cumpriram o objetivo do saldo do II trimestre: O indicador relevante para o Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) situou-se em -4 137,8 mi-lhões de euros, 262,2 milhões de euros inferior ao limite estabelecido (-4 400 milhões de euros).
Com a execução orçamental do primeiro semestre é visível uma parte significativa das medidas de consolidação orçamental aprovadas no Orçamento do Estado. Do lado da despesa, foi suspenso o subsídio de férias dos funcionários públicos e do lado da receita as alterações referentes ao IVA.

A suspensão do subsídio de férias dos pensionistas terá impacto durante o terceiro trimestre (julho) e a suspensão do subsídio de natal para os funcionários públicos e para os pensionistas terá lugar durante o quarto trimestre (novembro e dezembro).
A despesa total da Administração Central e da Segurança Social registou, no primeiro semestre um grau de execução de 44,8%, e uma variação homóloga1 de -2,3%.

Consulte aqui o documento completo.

Fonte: Portal Finanças