Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Como sei que sou o vencedor?Keys in Hand

Vai receber uma notificação por carta ou por sms a avisá-lo, mas poderá também verificar através da sua página pessoal no Portal das Finanças qual o seu intervalo de cupões e qual o cupão vencedor.

Depois de recebida a carta, onde é que o vencedor se deve deslocar para receber o prémio?

Conforme estabelecido no regulamento do sorteio, os prémios deverão ser reclamados presencialmente na direção de Finanças do domicílio fiscal do premiado. Posteriormente, o prémio deverá ser levantado no concessionário indicado pelo fornecedor do prémio, na capital de distrito em que o premiado ou o seu representante seja residente ou do distrito mais próximo.

O vencedor tem de pagar imposto pelo prémio recebido?

O premiado não terá de entregar ao Estado qualquer valor de imposto de selo por ter recebido o prémio, uma vez que o valor desse imposto já foi retido pela Autoridade Tributária, que processa o seu pagamento. Os prémios são anunciados pelo seu valor líquido.

O premiado pode receber o carro e vendê-lo imediatamente ou é obrigado a ficar com ele durante um certo período?

O vencedor do sorteio dessa semana pode vendê-lo imediatamente assim que o prémio lhe for atribuído.

O que acontece aos carros não reclamados?

Os automóveis que não forem reclamados serão sorteados nos sorteios extraordinários e juntam-se aos outros três veículos programados para esses sorteios. Os sorteios extraordinários estão marcados para os meses de junho e de dezembro.

O vencedor dispõe de quanto tempo para reclamar o seu prémio?

O direito ao prémio caducará caso o mesmo não seja reclamado e levantado nos 90 dias seguintes à realização do respetivo sorteio.

Um contribuinte que não queira entrar no concurso pode voltar atrás na sua decisão? Como?

O contribuinte pode sempre excluir-se da participação do sorteio através da respetiva indicação no Portal das Finanças. Mas o fisco não pode anular cupões depois de emitidos, pelo que esta opção apenas produz efeitos relativamente às faturas emitidas a partir da data em que tal opção é comunicada. Se pretender excluir do sorteio as faturas já emitidas com o seu número de identificação fiscal desde o dia 1 de janeiro de 2014, deveria ter comunicado essa opção até ao dia 25 de março.

Tenho direito a quantos cupões no sorteio?

Quantas mais faturas de compras pedir nos estabelecimentos de venda, mais cupões terá. Mas deve-se ter em atenção que o número de cupões não é igual ao número de faturas emitidas com o número fiscal do contribuinte (NIF). A Autoridade Tributária atribui um cupão por cada dez euros faturados. Assim, se a soma do valor total das faturas de um consumidor final for de 70,20 euros, serão atribuídos oito cupões. Um por cada dez euros e um pelos 0,20 euros que sobram.

A transmissão televisiva vai contar com a presença do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais?

Não. Vai funcionar como um sorteio normal dos jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, em que se verá o número premiado em cada semana.

Fonte: Dinheiro Vivo