Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O Governo estabeleceu o dia 1 de Junho como a data de início para a disponibilização gratuita da vacina Prevenar nos centros de saúde. MasDGS: Vacina Prevenar só estará disponível gratuitamente a partir de 1 de Julho a Direcção-Geral da Saúde (DGS) esclareceu, entretanto, que isso só acontecerá um mês depois.

A sub-directora-geral da Saúde Graça Freitas afirmou à Rádio Renascença (RR) que, ao contrário do dia que tinha sido proposto pelo Governo, a vacina gratuita para as crianças nascidas este ano só estará disponível um mês depois.

«Junho corresponde à data de aprovação. Depois é a data de operacionalização», sustentou Graça Freitas, argumentando que, na prática, «não houve nenhum adiamento».

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Na declaração de IRS de 2014, todos os que acumulam trabalho dependente com recibos verdes vão ter de entregar um anexo que está a ser Anexo da Segurança Social obrigatório no IRS para todos os trabalhadores independentesexigido pela Segurança Social. O prazo para regularizar a situação está quase a terminar.

As regras mudaram e este ano todos os trabalhadores por conta de outrem que passam também recibos verdes vão ter de preencher um anexo ao IRS, que está a ser exigido pela Segurança Social.

Um documento que tem de ser entregue, o mais tardar até domingo. A três dias do fim do prazo para a entrega da declaração só agora os contribuintes, que até aqui estavas isentos, foram alertados para esta situação.

A informação foi publicada a 7 de maio na página na internet da Segurança Social, quando já decorria o período de entrega do modelo 3 do IRS.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) está a receber mais ofertas de emprego este ano do que nos anos anteriores e o Imobiliário, turismo e comércio são as actividades que mais precisam de trabalhadoresnúmero de colocações tem também aumentado, mas, ainda assim, no final do mês de abril, estavam tecnicamente por preencher 20.849 ofertas. Comércio, turismo e restauração, e imobiliário e serviços de apoio são as atividades que mais procuram novos trabalhadores.

Entre janeiro e abril deste ano, as empresas colocaram nos centros de emprego 63.942 ofertas de emprego, o que traduz uma subida de 11,8% (ou de mais 6768 ofertas) face ao número registado nos primeiros quatro meses do ano passado. O número de colocações ascendeu, por seu lado, a 41.943, o que revela um crescimento de 19,9% face ao período homólogo de 2014.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O teste seguinte foi criado para crianças de 8 anos, no Vietname. Conseguiria resolvê-lo?

Quebra-Cabeças do Vietname

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Menos de 40 por cento dos trabalhadores assalariados são contratados a tempo completomenos de um quarto dos trabalhadores tem emprego estável

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelou esta terça-feira que apenas menos de um quarto dos trabalhadores a nível mundial tem um vínculo laboral estável.

O modelo de emprego clássico é cada vez menos representativo do mundo do trabalho atual, uma vez que menos de um em cada quatro trabalhadores está empregado em condições que correspondem a esse modelo", afirma a OIT num relatório sobre "perspetivas sociais e de emprego no mundo em 2015".