Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A base de dados da Justiça tem 3,8 mil milhões em dívida reclamada e um total de 213 254 registos. Em fase de recrutamento, Lista de devedores da justiça, segurança social e finançasesse pode ser um critério de seleção.

A Lista Pública de Execuções (LPE), coordenada pelo Ministério da Justiça, está a ser consultada por empregadores em fase de recrutamento. A notícia é avançada pelo “Jornal de Notícias” desta quinta-feira e indica que a chamada ‘lista negra’ de devedores começa a ser utilizada pelos patrões para estes propósitos.

Criada em 2009 para criar “um elemento dissuasor do incumprimento de obrigações” e “evitar processos judiciais sem viabilidade e cuja pendência prejudica a tramitação de outros efetivamente necessários”, de acordo com a portaria, a Lista Pública de Execuções contava com apenas 68 registos. Neste momento, o montante apurado em termos acumulados atinge praticamente os quatro mil milhões.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A comissão de trabalhadores da Autoeuropa confirma que a empresa prevê contratar entre 1.100 e 1.200 novos trabalhadores até AutoEuropa recruta 1100 trabalhadores até 2018janeiro de 2018 para a produção de um novo modelo da Volkswagen.

"Uma boa notícia", considera António Chora, que lembra que o aumento da produção na fábrica de Palmela tem um efeito multiplicador nas empresas do Parque Industrial.

"Não posso adiantar muito sobre o novo modelo porque ainda está no segredo dos deuses, de qualquer maneira sabemos que será um modelo de grande volume e daí a necessidade de fazer novas contratações", afirma o porta-voz da comissão de trabalhadores da Autoeuropa.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Em causa está uma medida que há muito era reclamada pelo Inspector-Geral como forma de tornar mais eficaz o combate ao Cerco aperta para empresários que utilizam emprego não declaradotrabalho não declarado por exemplo.

A Autoridade para as Condições do Trabalho vai passar a ter acesso aos dados da administração fiscal e da Segurança Social. A medida, que consta da proposta de Orçamento do Estado, era há muito reclamada pelo Inspector-Geral como essencial para combater, por exemplo, o trabalho não declarado.

A proposta prevê a partilha de dados entre o fisco, a segurança social e a ACT. As categorias dos titulares e dos dados ainda ficarão sujeitas a autorização da Comissão Nacional da Protecção de Dados.

Em Setembro entrou em vigor a lei que alarga a responsabilidade de gerentes, administradores e directores no caso de infracções laborais praticadas em regime de subcontratação ou trabalho temporário.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A deslocação para o trabalho provoca ansiedade logo ao acordar e 24% dos profissionais já começam o dia stressados por causa dessa Estudo: 4 em cada 10 portugueses chega atrasado ao trabalhoviagem. Apesar de afectar a pontualidade, 80% optam pelo carro.

Um estudo sobre o impacto das deslocações casa-trabalho mostra que 41% dos portugueses admite chegar tarde ao trabalho, isto embora Portugal, entre os países europeus analisados, seja aquele em que, em média, as pessoas perdem menos tempo a chegar ao emprego.

Quase um quarto dos inquiridos (24%) pela empresa de recrutamento Michael Page (MP) reconhece que já começa o dia de trabalho "stressado e ansioso" depois desta viagem diária. Para chegar atempadamente, 40% acordam entre as 6h e as 7h e há mesmo 16% que despertam ansiosos com a perspectiva de terem de fazer esse percurso.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Todos os anos a Education First (EF) realiza um ranking construído com os resultados de um conjunto de testes de Inglês realizados por Portugal com um bom nível de inglês na Europacentenas de milhares de adultos em todo o mundo durante o ano civil anterior.

Apesar da melhoria significativa desde 2007, o nível de proficiência em Inglês de Portugal é mediano quando comparado aos seus vizinhos na região. Ao contrário da tendência global, os homens portugueses são ligeiramente mais eficientes do que as mulheres.

O nível de proficiência em Inglês em Portugal é extraordinariamente elevado, uma vez que o país tem uma das mais baixas médias de anos de escolaridade na Europa. Em 1989, a língua inglesa tornou-se uma disciplina obrigatória para todas as crianças portuguesas. A atribuição deste estatuto curricular especial para o Inglês é uma estratégia partilhada por todos os maiores países de proficiência