Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Menos de oito mil jovens recebem apoios ao arrendamentoTerceira fase de candidaturas ao Porta 65 Jovem terminou com 2361 aprovações
das 3068 apresentadas. Apoios estão dentro da dotação orçamental prevista


A partir de hoje, o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana vai passar a subvencionar as rendas de 7862 jovens. Este número é atingido depois da apreciação da terceira fase de candidaturas ao programa de apoio ao arrendamento, o Porta 65 Jovem, que ocorreu em Setembro, da qual resultou a aprovação de 2361 das 3068 candidaturas apresentadas.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Maior salário mínimo igual a mais desempregoA insistência do Governo em aumentar o salário mínimo vai redundar em mais desemprego. A conclusão é da Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas, que está a exortar os associados a não renovar os contratos a termo.

"A associação não se vai manifestar, mas vai determinar junto dos associados que não renovem os contratos. O que significa que o primeiro-ministro vai ter um aumento do desemprego", disse Augusto Morais.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Vieira da Silva defende subida dos rendimentos salariais para combater a pobrezaO ministro do Trabalho considerou a elevação dos rendimentos de quem trabalha como uma “dimensão fundamental” de uma política consistente e coerente de combate à pobreza”.

José António Vieira da Silva foi esta manhã ao Parlamento para esclarecer os deputados da comissão do Trabalho sobre as linhas do Orçamento do Estado de 2009 para o seu Ministério. Um dos tópicos do debate parlamentar centrou-se na pobreza e no combate às desigualdades sociais.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Ex-funcionários consideram Trabalhadores ficaram surpreendidos com afirmações do director do Centro Distrital do Porto da Segurança Social

Os trabalhadores despedidos da Fundação para o Desenvolvimento da Zona Histórica do Porto (FDZHP) consideram "injustas" as críticas feitas pelo director do Centro Distrital do Porto da Segurança Social, Luís Cunha, ao trabalho da instituição. Este responsável disse ao PÚBLICO (edição de 19/10/08) que, até recentemente, desconhecia muitos dos casos pendentes de inquilinos da FDZHP que se encontravam em habitações muito degradadas. Atribuiu estas situações a "incúria ou negligência da fundação".

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Ministro garante cautela no fundo de pensõesSegurança Social tem verbas suficientes para suportar todos os pagamentos aos pensionistas

"Prudente", "cautelosa" e "profissional" foi com estas palavras que o ministro Vieira da Silva adjectivou a gestão do Fundo de Segurança Social, mas escusou-se a actualizar com números o montante das perdas na Bolsa.