Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Domzale, terceiro classificado da primeira liga da Eslovénia, contornou Jorge Mendes e todos os agentes, e recorreu à conhecida rede social de Go Teamprocura de emprego para contratar um "lateral direito com projeção ofensiva".

No futebol, o mercado de transferências tem contornos diabólicos. Com pouco tempo para ultimar pormenores, especialmente na janela de inverno, entre vencimentos, comissões dos agentes, e uma série de papéis fundamentais que podem ficar esquecidos no faxe, o Domzale utilizou a rede social LinkedIn para contratar o jogador de que precisava.

Sim, o LinkedIn, aquela rede social um pouco mais séria, e não o Youtube, onde é possível encontrar uma série de artistas da bola. E onde vamos sempre ver os vídeos das mais recentes contratações do nosso clube (ou dos rivais).

O anúncio, publicado no dia 7 de janeiro e pelo próprio treinador da equipa, Luka Elsner, era simples. O Domzale estava interessado num lateral direito ofensivo, com passaporte europeu, adaptado ao sistema tático 3-4-3. Segundo Elsner, esta era a melhor maneira de obter o máximo de informação possível num curto espaço de tempo".

Álvaro Rodríguez Brachi, um antigo futebolista de clubes de renome como o Espanyol e o Betis, e até há uns dias a jogar na Hungria, no Videoton, foi um dos 150 jogadores que se mostraram interessados no anúncio publicado pelo Domzale.

Desengane-se se pensa que esta contratação é apenas uma operação de marketing. É que Álvaro Rodríguez Brachi foi escolhido para substituir o antigo capitão do Domzale, Nejc Skubic, que deixou o clube após o Natal para ir jogar na Turquia.

Grega Krmavnar, o relações públicas do Domzale, explicou à BBC que o orçamento do clube é pequeno, e que este não tem dinheiro para cometer loucuras. "Precisávamos de um jogador e não o conseguimos encontrar na Eslovénia. Recorrer ao LinkedIn foi uma ideia do treinador, e decidimos avançar", explicou.

Após verem muitas horas de filmagens dos melhores candidatos, os dirigentes do Domzale optaram por Brachi, que recebeu de imediato um convite para treinar durante uma semana, à experiência. O espanhol não desiludiu e acabou mesmo por ser contratado.

Agora, está nas mãos de Brachi provar que não é apenas um jogador de LinkedIn e, quem sabe, inaugurar uma nova mundo no mundo do futebol.

Fonte: TSF