Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Os operadores de contact centers ganham em média 750 euros mensais, um valor que cresceu 3% face ao período homólogo. Os dados são da telemarketerAssociação Portuguesa de Contact Centers (APCC), que revela que os operadores de call centers têm na sua maioria (60%) formação ao nível do ensino secundário, 30% têm formação superior e apenas 10% têm formação ao nível do ensino básico.

As conclusões constam do ‘Estudo de Caracterização e Benchmarking da Atividade de Contact Centers em Portugal ‘ e foram apresentados durante a Conferência Anual e Conferência Internacional APCC, revelando que os operadores de contact centers da área da assistência em viagem são os que mais ganham, tendo recebido em média 1100 euros mensais em 2015.

Em contraste, os operadores com o salário médio mais baixo são os do setor das ‘utilities’ e do comércio, com salários que rondam os 600 euros mensais. No que diz respeito às funções dos contact centers, o estudo agora publicado revela que as principais funções existentes são o serviço ao cliente (91%), o telemarketing/vendas (65%), o suporte técnico ao cliente (59%) e a gestão de reclamações (10%).

Outro dos dados apresentados pelo estudo é a duração média das chamadas, que em 2015 se ficou pelos cinco minutos, uma quebra de dois minutos face ao ano anterior. Os setores que deixam os clientes à espera durante mais tempo são o da segurança, com 140 minutos de espera, dos seguros, com 65 segundos de espera e o do turismo, com 47 segundos de espera.

Por outro lado, o número de média de chamadas atendidas por operador também cresceu em 2015, cerca de 10%, passando para uma média de 11 chamadas por operador por hora. A área da saúde continua a liderar como aquela que recebe mais chamadas por hora, com uma média de 13.

Fonte: CC Magazine