Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

au_travail-14O Governo vai criar um programa de estágios que coloca 5000 licenciados na Administração Pública por um período de um ano.

A medida, aprovada em Conselho de Ministros, tem como objectivos:

- combater o desemprego entre as camadas mais jovens da população activa
- fomentar a ocupação profissional dos jovens licenciados em funções compatíveis com os seus níveis de qualificação
- constituir uma oportunidade para modernizar os serviços públicos através de recursos humanos qualificados~

Os lugares vão estar abertos para jovens com idades até aos 35 anos e com as seguintes características:

- no mínimo têm de ter o grau de licenciatura no seu currículo académico,
- têm de estar desempregados e à procura do primeiro emprego,
- têm de estar a exercer uma actividade profissional que não corresponda ao seu nível de qualificação e que esteja associada a "elevado nível de precariedade"

A remuneração é idêntica à dos programas INOV-Jovem, ou seja, cerca de 900 euros mensais (dois salários mínimos e ajudas de custo).

As candidaturas vão poder ser apresentadas através de uma página na internet (que vai ser criada para o efeito) e prevê-se que o processo de selecção dos candidatos esteja concluído até Junho de 2010.

Os serviços que vão disponibilizar as vagas serão conhecidos através de uma portaria a ser publicada no início do próximo ano.

Importa ainda referir que será estabelecida uma quota de acesso de 5% para pessoas com deficiência, devido à sua dificuldade de inserção profissional.

De acordo como comunicado do Conselho de Ministros, este Programa enquadra-se no âmbito das políticas de juventude, promovendo a emancipação dos jovens, apoiando a sua saída da casa de família, o desenvolvimento de experiências formativas e profissionais, assim como o empreendedorismo e o emprego jovem.

O Programa de Estágios na Função Pública surge depois de o Governo ter aprovado o INOV-Social, que promove a colocação de mil jovens licenciados em instituições socais.

 

Fonte: http://www.juventude.gov.pt