Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Numa altura em que as adversidades da vida podem obrigá-lo a fazer dinheiro rapidamente, o serviço Auto Sapo Venda Já permite-lhe avaliar a sua viatura e se o valor lhe Auto Sapo Venda Jáagradar, vendê-la de forma rápida, transparente e sem riscos!

O Auto SAPO Venda Já resulta de uma parceria entre o Auto SAPO e a Manheim Portugal. O nosso objetivo passa por prestar um serviço inovador, com o intuito de facilitar o processo de venda da sua viatura, tornando-o mais rápido, transparente e sem riscos.

O Auto SAPO é uma unidade de negócio do Portal SAPO, propriedade da MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A. Lançado em abril de 2005, o Auto SAPO constitui-se como o principal ponto de encontro entre quem pretende vender e quem deseja comprar uma viatura semi-nova ou usada.

Peça já uma proposta de preço.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Os veículos em segunda mão podem ser um bom negócio, mas exigem cautelas redobradas em relação ao seu estado, garantias e financiamento. Se visitar os bancos certos, poupa centenas de euros por ano.

Todos os anos, são vendidos milhares de carros usados. Como se trata de um bem que não se apresenta no estado de conservação original, convém ter uma ideia da qualidade geral e do preço justo antes de comprar. Além da check-list com mais de 100 pontos a verificar, que pode descarregar em "Anexo" no menu do lado direito, indicamos o financiamento mais barato e as formalidades para registar o veículo.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Alguns leitores perguntaram-nos se o Código da Estrada prevê coimas para quem conduz de chinelos. A resposta é não.

O Código da Estrada não determina que tipo de vestuário e de calçado pode ser usado durante a condução. O que existe é uma prescrição genérica segundo a qual os condutores devem "abster-se da prática de atos suscetíveis de prejudicar o exercício da condução com segurança".

Essa prescrição apela ao bom senso. Indica que o condutor deve evitar situações que coloquem em causa a sua capacidade de guiar sem representar perigo, para si e para os outros.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Com a nova lei, em princípio, o vendedor não fica dependente do comprador e pode fazer o registo para deixar de ser o proprietário do carro.

Em vigor a partir de 19 de dezembro, o diploma possibilita, a quem vende um carro, requerer a alteração de registo. Atualmente, é ao novo proprietário do automóvel que cabe a tarefa de regularizar o registo de propriedade, no prazo de 60 dias a contar da data da venda. Quando isso não é feito, as responsabilidades relativamente à viatura (por exemplo, o pagamento do IUC) continuam a ser do titular do registo de propriedade, ou seja, o antigo dono. Pretende-se assim resolver situações em que, por inércia ou má-fé do comprador, o registo não é atualizado com o nome do novo proprietário.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Mais de 60 alterações ao Código da Estrada entram hoje em vigorp persos-19

Mais de 60 alterações ao Código da Estrada entram em vigor esta quarta-feira, 1 de janeiro, abrangendo a redução da taxa de álcool para condutores profissionais e recém-encartados, novas regras para ciclistas e para quem circula nas rotundas.

Entre as novas regras que entram em vigor no primeiro dia de 2014 estão também a obrigatoriedade do uso do cartão de contribuinte, caso o condutor não tenha o cartão do cidadão, e a proibição de auriculares duplos durante a condução.