Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A Valor Financeiro acredita que a proximidade com cada cliente é a chave do sucesso. São especializados num serviço personalizado e independente de aconselhamento financeiro, a particulares e empresas, em operações de crédito bancário. Garantem as melhores condições para os seus financiamentos, de acordo com os seus objectivos e as suas necessidades.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Bancos proibidos de cobrar mais do que uma comissão e juros moratórios limitadosmoney

A partir de setembro, os bancos e outras instituições de crédito não poderão cobrar mais do que uma única comissão máxima de 4% por cada prestação de crédito em atraso. O decreto-lei publicado esta quarta-feira em Diário da República fixa ainda um mínimo de 12 euros e um máximo de 150 euros.

Atualmente, não há limite a esta cobrança, pelo que as instituições chegam a cobrar várias comissões pela mesma prestação em atraso.

As novas regras aplicam-se a todos os contratos, independentemente do destino do crédito (habitação ou consumo, por exemplo) e da data da assinatura do mesmo (créditos antigos e recentes).

Votos do utilizador: 3 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa

Pague uma única prestação ao banco e poupe dinheiro.

O Crédito Consolidado é a solução financeira personalizada que consiste em juntar todos os seus créditos a decorrer num único empréstimo, com uma única mensalidade bastante reduzida graças a um alongamento da duração do prazo do empréstimo.

Reduza as suas mensalidades até -60 % com o Partners Finances!

Em apenas alguns cliques, efectue gratuitamente e de forma simples a sua simulação online!

Votos do utilizador: 3 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa

"Tenho vários créditos que não consigo pagar que rondam os 30.000 euros ebusiness-clipart-opportunity tenho também crédito à habitação (…). Tenho um rendimento de 600 euros, a esposa desempregada sem vencimento e dois filhos menores. Não sei o que fazer. Ontem entrou no meu emprego a primeira penhora de vencimento e estou desesperado".

Quando recebi este texto, enviado por um espectador de "A Cor do Dinheiro", a primeira reacção foi questionar-me sobre o valor da dívida: como é que alguém que ganha 600 euros contraiu créditos (pessoais) de 30 mil euros? Mas depois de falar com um banco percebi que a tragédia é real: os bancos não dispunham, até há pouco, de informação actualizada sobre quanto (e a quem já devia) o cliente que pedia crédito. Houve casos de devedores que pediam dinheiro a A, depois recorriam a B e finalmente a C.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A divulgação é feita pelos bancos, mas todos seguem as regras do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. noticias

Os empréstimos para estudantes foram criados em Setembro de 2007. Só no primeiro ano, foram atribuídos cerca de 3.000 empréstimos, mas esse número tem vindo a crescer rapidamente.

1. Os empréstimos são concedidos sem necessidade de recorrer a avales e garantias patrimoniais beneficiando de uma taxa de juro mínima, com um spread máximo de 1%, apurada com base na taxa dos "swaps", que será reduzida para os alunos com melhor aproveitamento escolar. O crédito será utilizado entre um a cinco anos, ajustado à duração do curso, e de três a 12 meses, no caso de estudantes em programas de mobilidade internacional.