Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Há inúmeras plataformas para vender objetos usados. Saiba como fazer o seu anúncio destacar-se entre os demais.

Quantos objetos usados, para os quais já não tem grande utilidade, estão guardados numa arrecadação, numa despensa ou debaixo da cama? Em tempos de crise, muitas pessoas aproveitam para vender as coisas que já não querem. Porém, a oferta é muita e se não tiver alguns cuidados corre o risco de ver o seu anúncio perdido entre a multidão e passar despercebido aos olhos de quem está à procura de algo para comprar. Conheça seis conselhos para fazer o seu anúncio destacar-se entre os restantes.

1. Coloque um preço atraente

Quando se trata de vender na internet, o preço é quem mais ordena. E como a oferta é extensa se não tiver um preço competitivo corre o risco de passar despercebido aos olhos de quem está a comprar. Antes de dar o "ok" na inserção do anúncio, faça uma prospeção de mercado para saber por quanto é que a concorrência está a vender e defina um preço em conformidade. Se tiver muita pressa, baixe um pouco o preço em relação à concorrência ou então ofereça outros benefícios, como por exemplo, a entrega gratuita se for dentro da sua área de residência.

2. Aposte em boas fotografias

Uma vez que o comprador não pode tocar no objeto, nem vê-lo "ao vivo", terá de se preocupar com a imagem que acompanha o anúncio. O momento em que vai tirar a fotografia deve ser bem pensado: escolha um fundo limpo, de preferência branco, para não distrair o comprador. Deve também colocar fotografias verdadeiras do item que está a vender, em vez de tirá-las da internet, caso contrário pode desiludir o comprador.

3. Seja honesto

Tal como no caso da fotografia, deve ser honesto em relação ao estado do objeto. Por regra, nestes 'sites' apenas se vendem produtos em segunda mão, por isso, quem vai à procura já sabe que não está a adquirir algo novo. No entanto, o comprador pode ficar desiludido ao comprar um objeto com base em determinada descrição e quando aparece, depara-se com algo diferente. Por isso, uma descrição honesta com um preço em sintonia é a melhor fórmula para vender algo.

4. Aposte numa boa descrição

Deve apostar numa boa descrição. Conheça bem o produto que está a vender, puxe pelas suas melhores características. Se o objeto tem uma história especial, se é uma edição limitada ou exclusiva, não se esqueça de o mencionar, pois isso irá atrair as pessoas. Use palavras que chamem à atenção, sem exageros, como "funciona perfeitamente" ou "com desconto".

5. Marque um encontro

Sempre que possível ofereça a oportunidade de se encontrar com o possível comprador antes de concluir o negócio ou, pelo menos, combine para que o pagamento seja efetuado no ato da entrega do bem. Assim, o interessado terá a possibilidade inspecionar as condições do item antes de concluir a negociação.

6. Pague para destacar

No geral, pode colocar anúncios nestes 'sites' de forma gratuita. No entanto, este irá aparecer na categoria e subcategoria que escolheu por ordem de chegada, ou seja, se for uma área muito concorrida em termos de oferta, rapidamente o seu anúncio irá passar para baixo e um possível comprador poderá nem sequer ver a oferta. Uma forma de ultrapassar isso é pagar para que o anúncio fique destacado durante determinado período de tempo. As condições e preços variam consoante o site, mas deverá analisar se compensa ou não pagar. Se for estiver a fazer uma venda por preço elevado, talvez este investimento possa compensar.

Fonte: CGD