Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa

No Porto, há 50 mil interessados para 10 mil casasnoticias

A procura por casas para arrendar em Portugal é muito superior à oferta existente. Só uma pessoa em cada cinco consegue encontrar um lar nestas condições. Na área metropolitana do Porto, há 50 mil interessados para apenas 10 mil casas, segundo a Associação Nacional de Proprietários.

Os Censos de 2011 indicam que, em 2011, há 786.904 imóveis arrendados. Dez anos antes eram 740.425.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Sei que não posso subalugar a minha casa (o contrato de habitação não onoticias permite), mas quais são as penalizações se o fizer? Há forma de negociar com o banco, já que não consigo manter a prestação? E tenho alguma defesa se o banco decidir subir unilateralmente o spread? Os especialistas da PLMJ esclarecem-no sobre todas as suas dúvidas.

Posso arrendar a minha casa embora o contrato de financiamento o proíba? Se o fizer quais serão as consequências?

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O imposto de selo do contrato de arrendamento é pago nas Tesourarias de Finanças, até ao dia 20 do mês seguinte àquelebriefcase_pequena em que a obrigação tributária (início do contrato) se tenha constituído e o seu valor é de 10% da renda mensal.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Os proprietários que arrendam casas, mas que não passam recibo, vão ficarOffice_Building_4 fora do regime transitório favorável que as Finanças desenharam que tem em conta o valor das rendas cobradas, muitas delas baixas. Isto é, os senhorios sem contratos de arrendamento vão sentir mais o aumento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e o efeito da reavaliação das casas. Até 31 de Agosto do próximo ano chegará a hora da verdade para estas pessoas.

Votos do utilizador: 3 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa

Com o acesso ao crédito bancário cada vez mais difícil, o Económico mostra-Office_Building_1lhe os preços de arrendamento para um T1, T2 e T3 em Lisboa.

A subida das taxas de juro e as regras mais rígidas das instituições financeiras em conceder empréstimos para aquisição de casa estão a levar cada vez mais famílias a recorrer ao arrendamento.

"Há dois anos e meio, em cada 100 pessoas havia 70 interessadas em comprar casa. Hoje em dia é ao contrário. Em cada 100 há 70 que procuram arrendar", explica Luís Lima, presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação (APEMIP).