Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A directiva 2002/91/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 16 de Dezembro,sold relativa ao desempenho energético dos edifícios obrigou as autoridades portuguesas a alterar os regulamentos energéticos que estavam em vigor em território nacional, tendo publicado o regulamento dos sistemas energéticos de climatizações em edifícios (RSECE) e o regulamento das características de comportamento térmico dos edifícios (RCCTE).

Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa

Finanças estão a optar por preços-base simbólicos por causa da pressãohouse0206 para obter receitas e falta de compradores

Há casas à venda em Portugal por um preço-base de 1 cêntimo. As Finanças têm colocado vários imóveis e terrenos no mercado com a licitação mínima definida pela Direcção-Geral dos Impostos, segundo constatou o jornal «Sol».

Tudo por causa da pressão para angariar receitas e porque a crise está a afugentar os compradores das hastas públicas.

As Finanças têm optado assim por vender casas penhoradas através da negociação directa, com preços-base muito simbólicos.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Os promotores estão cada vez mais flexíveis a negociar o preço das casas,House_45 perante a crise.

Lisboa tem um ‘stock' de casas novas que teimam em não se vender, sobretudo em zonas como o Parque das Nações ou a Alta de Lisboa. Contudo, apesar do preço médio por metro quadrado se manter nos 3.500 euros, não é tanto pelo valor que as casas não se vendem - até porque já desde 2009 que os promotores têm vindo a praticar descontos que podem ir até 20%.

Votos do utilizador: 3 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa

Surgiu uma nova marca: 'O Balcão Único do Solicitador'. Pretende centralizar serviços e eliminar custos desnecessários.noticias

Se a palavra "burocracia" tivesse uma cor seria certamente o cinzento. Ou melhor, o cinzento escuro. Papéis e mais papéis. Balcões e mais balcões. Cada funcionário, uma informação. Muitos funcionários, muita desinformação. Mas existe um local, um balcão, uma pessoa, que o pode ajudar a resolver (quase) todos os seus problemas: o Balcão Único do Solicitador.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A atenção a alguns pormenores pode fazer toda a diferença entre vender um imóvel mais rápido ou mesmo a um melhor preço.famille-33

1. Arrumar: Alexandra Melo e Castro, responsável da agência de Telheiras da Remax, recorda-se de por várias ocasiões ter ido arrumar à pressa as camas antes de mostrar uma casa a um cliente. Visitar uma casa organizada, sem brinquedos ou roupa espalhada, com roupeiros arrumados é sempre mais agradável para o cliente.

2. Limpar: É um princípio que não se deve descurar. Todas as divisões devem estar limpas, a mesa do pequeno-almoço levantada e o caixote do lixo despejado. Atenção ainda aos odores. O cheiro a tabaco ou a comida desagrada a qualquer visitante. No dia da visita pode, por exemplo, acender uma vela perfumada.